Detalhe

Cultura

Exposição conta história de 127 anos do Boi da Maioba

O período junino já começou!
Por todos os cantos da capital maranhense, já soa o convite para participar dos arraiais. O chamado vem na forma de toadas de todos os sotaques: seja orquestra, zabumba, costa de mão ou da baixada. Um dos principais representantes dessa tradição maranhense é o Bumba-Meu-Boi da Maioba, que há 127 anos arrasta multidões por onde passa. Até o final do período junino, essa história está exposta gratuitamente no Rio Anil Shopping, em São Luís. Reconhecido como o grupo mais antigo do tipo “sotaque da ilha,” também chamado de “boi de matraca,” o Boi da Maioba foi fundado em 1897 pelos moradores do povoado Bom Negócio, na localidade Maioba. zona metropolitana da ilha de São Luís.

Este ano, o Rio Anil Shopping recebe pela terceira vez consecutiva a exposição do Boi na Barraca da Maioba. A exibição oferece aos visitantes uma imersão no rico patrimônio cultural do Bumba Meu Boi, com destaque para as indumentárias coloridas e os instrumentos tradicionais do grupo.
Quem visitar a exposição vai poder conferir de perto vestimentas utilizadas nas apresentações do Boi da Maioba, assim como as matracas, pandeirões e tambores-onça. O espaço também comercializa itens oficiais do Boi da Maioba, permitindo que os fãs levem um pedaço dessa tradição para casa.

“O São João é uma das datas preferidas da população maranhense. Além da programação junina que acontece no shopping até o dia 23 de junho, trouxemos novamente para cá um pouco da história de um dos maiores ícones culturais do Estado, complementando a experiência de quem visita o shopping e, ao mesmo tempo, contribuindo para preservar e disseminar a cultura do Maranhão”, destacou o gerente de marketing do Rio Anil Shopping, João Almeida. 
 

Tradição

O presidente da Associação Folclórica Beneficente Bumba-Boi da Maioba e comandante do Batalhão da Maioba, José Inaldo Ferreira, conta que a exposição foi inicialmente organizada a convite da direção do Rio Anil Shopping, como um complemento às atividades do período junino. A resposta do público foi tão positiva que o evento se tornou uma tradição anual. 

“Nós fomos convidados pela direção do shopping para trazer a demonstração do que era o Bumba Boi, os personagens e a barraquinha para tentar vender alguns produtos,” relata Zé Inaldo. O sucesso do evento foi tão grande que, no ano seguinte, a direção do shopping renovou o convite, e assim estamos aqui até hoje, fazendo parte do calendário junino e encantando crianças e adultos”, comemora. 

A aposentada Maria Celestina, 67, passou 25 anos fora do Maranhão e não conseguiu esconder a emoção ao retornar e, por acaso, encontrar a Exposição do Boi da Maioba no Shopping.
“Eu sabia que a primeira coisa que eu precisava fazer ao voltar para São Luís era matar a saudade do Boi da Maioba, essa brincadeira que marcou minha infância,” contou, com lágrimas nos olhos. “Nunca imaginei que encontraria essa exposição aqui no shopping. Ver de perto as indumentárias, os personagens e sentir a energia do Bumba Meu Boi novamente me fez reviver os melhores momentos da minha vida. É como se eu nunca tivesse ido embora”, emociona-se.